A linguagem utilizada nas redes sociais

22 de julho de 2021
linguagem-utilizada-nas-redes-sociais

A comunicação entre as pessoas sofreu grande influência do imediatismo resultante do advento da internet. As redes sociais deixaram de ser mero entretenimento e passaram a ser importantes ferramentas de divulgação de produtos e serviços. Assim, a definição correta da linguagem utilizada nas redes sociais se faz essencial para o sucesso das publicações.

O ser humano é sociável por natureza e se comunica já na barriga da mãe. Mesmo que ele não possa falar, ver ou ouvir, a comunicação é possível por meio de expressões faciais e corporais, sons, gestos e linguagens específicas como o Braille e a Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS). 

Com a Internet, notícias e conteúdos de diversos tipos são publicados em segundos, atingindo um grande público na mesma velocidade. E esse imediatismo interferiu diretamente na maneira como as pessoas se comunicam: aplicativos de mensagens instantâneas, redes sociais, emojis, abreviações, novas expressões e recursos de áudio acelerado agilizam a comunicação on-line entre as pessoas no dia a dia.

As redes sociais, ao longo dos últimos anos, deixaram de ser somente entretenimento e tornaram-se importantes ferramentas de divulgação de produtos e serviços. E é por isso que a linguagem utilizada nas redes sociais merece uma atenção maior.

 

Como definir a linguagem utilizada nas redes sociais

O primeiro passo é identificar seu público-alvo: gênero, idade, localização, profissão/ocupação, gostos e costumes. Essas são algumas informações primordiais para definir o que, como, porque e onde fazer a comunicação.

Em seguida, vale estudar cada rede social: público, objetivo, formatos e recursos. No Facebook, por exemplo, os conteúdos que mais engajam são aqueles que estimulam compartilhamento e comentários, com imagens positivas e de acordo com os interesses do público-alvo. Já o Instagram é voltado para o compartilhamento de fotos e vídeos; assim, conteúdos que mostram os bastidores das empresas geram forte engajamento.  O Twitter, por sua vez, é uma plataforma de mensagens curtas, sendo ideal para o compartilhamento de notícias e acontecimentos mais recentes.

A linguagem utilizada nas redes sociais deve ser equilibrada, adequada a cada plataforma e com leitura de fácil compreensão e descontraída, mas sempre levando em consideração  o perfil da empresa e do seu público. A gramática deve ser sempre respeitada, já que erros de português, além de passar uma imagem negativa, podem viralizar como piada e o uso de caixa alta deve ser evitado ao máximo, pois passa a impressão de gritos.

Excessos de formalidade podem afastar os clientes, mas excessos de informalidade e humor fazem com que a credibilidade da empresa seja prejudicada.  E lembre-se: criatividade é essencial para relacionar produtos e serviços com temas atuais e de maneira cativante.

Por fim, é importante ressaltar que , além da linguagem utilizada nas redes sociais, imagens de alta qualidade, horário do post, uso de hashtags e interação com o público influenciam diretamente na eficácia das publicações.

E você, gostou do conteúdo? Continue acompanhando nosso blog e nossas redes sociais e fique por dentro do mundo da Comunicação e do Marketing.

Compartilhar

Newsletter

Quer ficar por dentro de outros assuntos do universo do marketing e da comunicação? Então, assine a nossa newsletter e receba tudo em primeira mão no seu e-mail!